Estudo sobre os magos que visitaram Jesus

Quando Jesus nasceu em Belém de Judá, alguns magos vieram para visitá-lo. Eles chegaram à cidade de Jerusalém vindos do Oriente. Eles chegaram perguntando sobre onde estaria aquele que era nascido Rei dos judeus. Eles tinham visto a sua estrela no oriente e foram adorá-lo.

Então quando o rei Herodes ouviu essas coisas, ele ficou perturbado, e com ele toda Jerusalém. Herodes estava preocupado com a realeza que ele não tinha o direito de possuir. Ele achava que, se o Rei dos judeus estivesse realmente vindo, ele seria destronado. E toda Jerusalém estava perturbada com ele, pois o povo sobre quem ele reinava nunca soube que mal poderia fazer quando as suas suspeitas fossem confirmadas, pois ele era um tirano cruel e sedento de sangue (Mateus 2:1-5).

Herodes reuniu todos os principais sacerdotes e escribas do povo, e exigiu saber deles onde Cristo deveria nascer conforme a profecia das Escrituras. Os sacerdotes e escribas lhe disseram havia sido profetizado que Cristo nasceria em Belém da Judéia, porque assim está escrito pelo profeta: “E tu, Belém, na terra de Judá, não és o menor entre o príncipe de Judá; pois de ti sairá um governador que governará meu povo Israel”.

Cristo realmente nasceu em Belém. Depois ele foi chamado de “Jesus de Nazaré”. Nazaré era o lugar onde ele foi criado, mas Belém era o local de seu nascimento, em cumprimento à profecia dada centenas de anos antes de seu nascimento.

O rei Herodes interroga os magos

Então Herodes chamou os magos em particular e lhes perguntou sobre a que horas a estrela tinha aparecido. Daí ele mandou os magos a Belém e pediu que eles lhe informassem assim que conseguissem encontrar o menino Jesus. Herodes disse que também queria encontrá-lo para poder adorá-lo (Mateus 2:7-8).

Que bonita “adoração” era aquela que ele renderia ao infante rei! Ele pretendia assassiná-lo! E, da mesma forma, com que frequência, sob a pretensão de adorar a Cristo, a própria verdade de Cristo foi assassinada. Os homens inventam novos sacramentos, novas doutrinas, novas formas, e todos confessam que estão agindo pela edificação da Igreja e pela glória de Jesus; mas realmente o que eles querem é apunhalar o coração do evangelho de Deus, e colocar à morte a verdade viva.

Os magos partem para visitar Jesus

Os magos partiram e a estrela que viram no Oriente ia adiante deles, até que ela parou exatamente por sobre onde estava o menino (Mateus 2:9). Aquela não era uma estrela errante nem uma estrela cadente; mas uma estrela viajante como nunca os magos tinham visto antes.

Quando os magos viram a estrela, regozijaram-se com grande alegria. Então eles entraram no lugar onde Jesus estava e viram o menino com sua mãe, Maria. Prontamente os magos se prostraram para adorá-lo; e quando abriram seus tesouros, ofereceram-lhe presentes ouro, incenso e mirra. Depois, milagrosamente eles foram advertidos por Deus em um sonho a não retornarem a Herodes, mas que partissem rumo a sua terra por outro caminho (Mateus 2:10-12).

Providencialmente, os magos trouxeram o ouro com o qual José seria capaz de pagar as despesas incorridas na jornada para a terra do Egito; e sustentar sua família até que ele pudesse voltar para sua casa e seus negócios. Deus sempre cuida de seus próprios filhos; e dessa forma Ele também proveu especialmente a seu Unigênito Filho.

Veja também:
Close