O arrebatamento de Elias – Esboço de pregação 2 Reis 2

Elias, um dos profetas mais emblemáticos do Antigo Testamento, foi uma das pessoas arrebatadas aos céus sem passar pela morte. Além dele, apenas Enoque não morreu e também foi arrebatado aos céus. A base do nosso esboço é o texto bíblico de 2 Reis capítulo 2.

A palavra do Senhor nos conta que Eliseu prometeu seguir o profeta por onde quer que ele fosse. Assim foi por 10 anos, até o profeta Elias ser levado aos céus em um redemoinho.

Saiba também: quem foi Elias?

Momentos que antecederam o arrebatamento

Antes disso, os profetas Elias e Eliseu saíram de Gilgal. No caminho, Elias disse a Eliseu: “Fique aqui, pois o Senhor me enviou a Betel”. Eliseu, porém, respondeu: “Juro pelo nome do Senhor e por tua vida, que não te deixarei ir só”. Então foram juntos a Betel.

Chegando eles na cidade de Betel, os discípulos logo foram falar com Eliseu perguntando: “Você sabe que hoje o Senhor vai levar para os céus o seu mestre, separando-o de você?”. Eliseu respondendo disse: “Sim, eu sei, mas não falem nisso” (2 Reis 2:2,3).

Novamente Elias disse a Eliseu: “Fique aqui, Eliseu, pois o Senhor me enviou a Jericó”. Ele respondeu: “Juro pelo nome do Senhor e por tua vida, que não te deixarei ir só”. E foram juntos a cidade de Jericó (2 Reis 2:4).

Chegando a cidade de Jericó, os discípulos dos profetas foram falar com Eliseu e lhe perguntaram: “Você sabe que hoje o Senhor vai levar para os céus o seu mestre, separando-o de você?”. Respondeu Eliseu: “Sim, eu sei, mas não falem nisso” (2 Reis 2:5).

Depois, mais uma vez Elias disse a Eliseu: “Fique aqui, pois o Senhor me enviou ao rio Jordão”. Ele respondeu: “Juro pelo nome do Senhor e por tua vida, que não te deixarei ir só!”. Então novamente partiram juntos rumo ao rio Jordão.

Na caminhada, eles foram acompanhados por cinquenta discípulos dos profetas. Esses discípulos ficaram olhando à distância, E eles viram quando os profetas Elias e Eliseu pararam à margem do rio Jordão. Ali, o profeta Elias tirou sua capa, e enrolando-a, bateu com ela nas águas do rio, e as águas se dividiram. Os dois profetas atravessaram o rio Jordão a seco!

Após atravessarem o rio a seco, o profeta Elias disse a Eliseu: “O que posso fazer por você antes que eu seja levado para longe de você?”. E respondendo Eliseu dizendo: “Faze de mim o principal herdeiro de teu espírito profético”.

Então respondeu Elias: “Você fez um pedido difícil; mas, se você me vir quando eu for separado de você, terá o que pediu; do contrário, não será atendido”.

Leia também: esboço de pregação sobre Elias.

Elias é arrebatado aos céus

E enquanto Elias e Eliseu caminhavam e conversavam, apareceu-lhes de repente um carro de fogo. Essa carruagem era puxada por cavalos de fogo que os separou. Naquele momento Elias foi levado aos céus num redemoinho (2 Reis 2:11).

E vendo isso, Eliseu gritou: “Meu pai! Meu pai! Tu eras como os carros de guerra e os cavaleiros de Israel!”. Essa expressão foi uma declaração da autoridade espiritual de Elias como profeta de Deus em Israel. E quando Eliseu já não podia mais ver Elias, ele rasgou suas próprias vestes ao meio.

Porém, Eliseu pegou a capa de Elias, que tinha caído, e voltou para as margens do rio Jordão. E Então batendo com a capa nas águas, indagou: “Onde está agora o Senhor, o Deus de Elias?”. E tendo batido nas águas, elas se abriram e ele atravessou. Esse primeiro milagre já serviu de confirmação do ministério de Eliseu como sucessor de Elias.

Quando os discípulos dos profetas que tinham vindo de Jericó viram isso, eles declararam: “O espírito profético de Elias repousa sobre Eliseu” (2 Reis 2:15).

Então foram eles ao encontro de Eliseu, e prostraram-se diante dele e disseram: “Olha, nós, teus servos, temos cinquenta homens fortes. Deixa-os sair à procura do teu mestre. Talvez o Espírito do Senhor o tenha levado e deixado em algum monte ou em algum vale” (2 Reis 2:16).

Mas Eliseu lhes respondeu: “Não mandem ninguém”. Mas insistiram muito, até que, constrangido, ele consentiu: “Podem mandar os homens”. E mandaram cinquenta dos homens que ali estavam, para que procurassem o profeta Elias durante três dias, mas não o encontraram.

Eliseu não havia saído de Jericó. Quando os homens voltaram, Eliseu lhes perguntou: “Não lhes disse que não fossem?”. Sim, Eliseu foi arrebatado aos céus, tal como Enoque também o foi. Depois ter sido arrebatado, Elias só apareceu novamente nos dias de Jesus, no episódio da transfiguração. Ele estava acompanhado por Moisés, e conversavam com Jesus sobre sua morte iminente. Simbolicamente, Moisés representava a Lei e Elias a escola profética de Israel (Mateus 17:1-8).

Mais sobre:
Close