A História de Jezabel

Jezabel era filha de Etbaal, o rei dos Sidônios. Ela era sidoniana, termo bíblico usado para se referir aos fenícios em geral. Esse povo se desenvolveu na Fenícia, território do atual Líbano. Os fenícios eram povos de origem semita.

A história de Jezabel é mostrada no livro de 1 Reis no Antigo Testamento. Jezabel foi a esposa do rei Acabe, rei de Israel. O casamento entre eles foi uma aliança entre os povos de Israel e Fenícia. Juntos eles tiveram três filhos .

O rei Acabe após o casamento mostrou ser um homem fraco e promiscuo, ele se deixou ser dominado por sua esposa Jezabel.

Ela era uma mulher dominadora que se denominava porta voz dos deuses. Uma mulher mística que obrigava Acabe e os próprios sacerdotes de Israel a cultuar Baal e Aserá, deusa da fertilidade.

Jezabel convenceu o rei Acabe a adorar Baal e também promoveu cultos para os deuses pagãos. Ela foi responsável por promover no meio do povo idolatria a esses falsos deuses.

Ela sustentava muitos profetas e sacerdotes de Baal e Aserá, profetas que faziam rituais místicos, cultos profanos e desagradeis a Deus.

Jezabel odiava aqueles que adoravam o Deus de Israel. Ela tentou por varias vezes acabar com os fiéis de Deus e mandou matar todos os profetas e poucos sobreviveram.

Porque sucedeu que, destruindo Jezabel todos os profetas do Senhor, Obadias tomou cem profetas, e de cinqüenta em cinqüenta os escondeu, numa cova, e os sustentou com pão e água” (1 Reis 18:4).

O caráter ruim de Jezabel

O caráter ruim de Jezabel se evidenciou cada vez mais. Em 1 Reis 21:8 a palavra de Deus nos conta que um homem chamado Nabote se negou a vender sua vinha ao rei acabe. A vinha ficava nas proximidades do palácio e era uma herança herdada por Nabote de seus pais.

Acabe então retornou para sua casa desgostoso e indignado por causa da palavra de Nabote. Ele deitou-se em sua cama e não quis comer.

Jezabel  vendo o rei Acabe indignado, disse a ele para não se preocupar que ela lhe daria a vinha de Nabote. Ela então montou um plano para acusar e conspirar contra Nabote. Ela acusou Nabote de amaldiçoar a Deus e ao rei.

Nabote foi acusado injustamente e por isso foi morto apedrejado. Após a morte de Nabote o rei Acabe desceu e foi possuir a vinha.

Toda perversidade e conduta ímpia de Jezabel levaram à reprovação divina. Deus enviou o profeta Elias ao encontro do rei Acabe e de Jezabel para profetizar contra ela.

Deus manda Elias ao encontro de Acabe e Jezabel

Elias então recebeu de Deus uma ordem, para que ele fosse ao encontro do rei Acabe que estava na vinha de Nabote, onde tinha descido para possuí-la.

Leia também: quem foi Elias na Bíblia?

“E falar-lhe-ás, dizendo: Assim diz o Senhor: porventura, não mataste e tomaste a herança? falar-lhe-ás mais, assim diz o Senhor: no lugar em que os cães lamberam o sangue de Nabote, os cães lamberão o teu sangue, o teu mesmo”(1 Reis 21:19).

Elias então repreendeu o rei Acabe dizendo que ele tinha se vendido para fazer o que era mau diante dos olhos do Senhor. Elias disse a Acabe que traria mal sobre ele, que sua posteridade seria arrancada. Acabe seria punido por sua provocação contra Elias e por fazer o povo de Israel pecar contra Deus.

Leia também: Elias na caverna.

Deus ordenou a Elias que ele também profetizasse contra Jezabel. E acerca de Jezabel falou o Senhor Deus:

“Os cães comerão Jezabel junto ao antemuro de Jezreel” (1 Reis 21:23).

Quando Acabe ouviu estas palavras, ele rasgou suas vestes e se cobriu com pano de saco e jejuou. E Deus vendo que ele estava se humilhando perante a Ele, disse a Elias:

“Porquanto , pois se humilha perante mim, não trarei este mal nos seus dias, mas nos dias de seu filho trarei esse mal sobre sua casa” (1 Reis 21:29).

Morte de Jezabel

Passado isso, o rei Acabe morreu. Seu filho Jorão sucedeu seu trono como rei em Israel, porem um homem chamado Jeú, que era o comandante militar que serviu Acabe e aos seus filhos, foi designado por Deus para acabar com a dinastia de Acabe. E mesmo Acabe sendo ainda rei, Jeú já havia sido escolhido por Deus para ser instrumento de juízo contra os apóstatas de Israel.

Jeú foi revelado ao profeta Elias, que foi enviado ao monte Horebe por Deus, e foi lá que Deus ordenou a Elias para que ungisse Jeú como rei de Israel.

Leia também: Elias e os profetas de Baal no monte Carmelo.

Sentindo que seria morto, Jorão tentou fugir, porém Jeú o encontrou e o matou. Após matar Jorão, Jeú foi ao palácio e ordenou que lançassem Jezabel de uma janela. Quando Jezabel caiu no chão, Jeú ainda passou com o seu carro por cima dela.

A profecia de Elias se cumpriu exatamente como Deus tinha ordenado. Quando foram sepultar Jezabel, encontraram apenas seu crânio, suas mãos e pés, as demais partes de seu corpo foram comidas pelos cães.

Como enviado de Deus, Elias apontou e repreendeu todos os atos pecaminosos de Acabe e de Jezabel. Na pessoa de Elias Jezabel teve seu maior opositor.

Veja também:
Close